Paraísos Escondidos 5 Lugares Pouco Conhecidos Para Viajar No Brasil

Lagoa Encantada
Paraísos Escondidos 5 Lugares Pouco Conhecidos Para Viajar No Brasil
4.4 (87.14%) 14 votes

Paraísos Escondidos

O Brasil é tão, mas tão grande, que na hora de escolher o destino para onde viajar nas férias ficamos um pouco perdidos. Apesar do país ter proporções continentais, muitas de suas belezas já foram mapeadas e muito visitadas pelos viajantes. Porém, ainda há muito a ser explorado! Selecionamos 5 lugares pouco conhecidos para viajar no Brasil para dar aquela ajudinha aos turistas que gostam de descobrir roteiros não tão óbvios e populares, como os apresentados muitas vezes pelas agências de viagem.

Além de serem lugares pouco conhecidos para viajar, o que já nos atrai pelo fato de que poucas pessoas os exploraram, esses destinos oferecem preços atrativos, já que a demanda de turistas ainda não é tão grande. Esses paraísos escondidos também estão longe de serem badalados, ou seja, neles o viajante encontra paz e muito sossego. Ótimo para recarregar as energias seja nas férias, em uma viagem de verão ou em um feriado. Seja feliz e explore o Brasil:

Lagoa Encantada Primavera Do Leste

Lagoa Encantada, em Primavera do Leste (MT)

A apenas 235 km de Cuiabá, a cidade de Primavera do Leste preserva um paraíso escondido: a Lagoa Encantada. Apesar de ser um dos lugares pouco conhecidos para viajar no Brasil, o local é incrível e vale – sem dúvida – a sua visita! A água é cristalina e ganha um tom ainda mais azulado quando há a incidência de raios de sol, mais intensos por volta das 12h.

A Lagoa Encantada localiza-se em uma propriedade privada em Primavera do Leste nas margens do Rio das Mortes. O viajante pode fazer flutuação na lagoa com uma máscara de mergulho e embarcar em um passeio debaixo d’água que proporciona um exuberante cenário com alguns peixes e uma diversa vegetação aquática.

Como chegar:
De ônibus: a empresa de ônibus Expresso São Luiz realiza viagens diariamente para Primavera do Leste partindo de destinos como Cuiabá, Tangará da Serra e Cáceres.

Chegando em Primavera do Leste, é preciso contratar uma das empresas de turismo (conheça uma delas aqui e outra aqui) que realizam o passeio. A visita à Lagoa Encantada é um pouco restrita já que está localizada em uma propriedade privada. Por isso, você deve se planejar com antecedência para o passeio.

Lavandário em Cunha

Crédito: Tawana Miquelino

O Lavandário, em Cunha (SP)

Ninguém imagina que entre o Vale do Paraíba (SP) e o litoral sul do Estado do Rio de Janeiro existe um belíssimo campo de lavandas, que pode ser visto durante todo o ano. O Lavandário de Cunha tem um cenário muito semelhante aos da região de Provence, na França, onde a tradição do cultivo das pequenas flores roxas é muito forte. Apesar da beleza, ainda é um dos lugares pouco conhecidos para viajar no país.

Cunha, um paraíso entre montanhas, cachoeiras e campos de lavanda

Florida nos 365 dias do ano, a propriedade rural cultiva mais de 30 mil pés, plantados e colhidos ao longo do ano, em alternância, para que sempre haja flores para os turistas apreciarem. Além dos campos do Lavandário de Cunha, um casarão muito charmoso abriga uma loja que vende essências e produtos derivados da flor, e ainda chá e sorvete de lavanda. Você pode deliciar essas especiarias no deck do casarão com vista para os campos e as belas montanhas do Vale do Paraíba.

O ingresso por pessoa é de R$ 10,00. Maiores de 60 anos pagam meia-entrada e crianças até 12 anos não pagam a entrada.

Horário de Funcionamento:
De sexta-feira a domingo e feriados, das 10h ao pôr do sol (que rende belas fotos com a paisagem do lavandário).

Como chegar:
De carro: o Lavandário é uma propriedade rural localizada no km 54,7 da Estrada Cunha-Paraty, bem à margem da Rodovia SP-171. Fica do lado esquerdo de quem vem de Cunha e do lado direito de quem vem de Paraty.

De ônibus: há apenas uma empresa de ônibus que sai de Cunha e percorre a Estrada Cunha-Paraty. Você pode obter mais informações na rodoviária da cidade através do telefone (12) 3111-1425.

Lago do Robertinho

Crédito: Skyscrapercity

Lago do Robertinho, em Boa Vista (RR)

Roraima não tem mar, mas engana-se quem acredita que por lá não existem lugares incríveis para se refrescar no calor. O Lago do Robertinho é um bom exemplo de atrativo próximo de Boa Vista e que ainda é pouco explorado pelos viajantes.

Monte Roraima Um Dos Melhores Destinos Para Quem Curte Aventura

O local oferece boa infraestrutura de recepção, com bar e restaurante, além de ter pranchas para locação para a prática de stand up paddle, windsurf e outros esportes para locação. É possível inclusive curtir o dia em quiosques que ficam dentro da água. Perfeito para se refrescar do calor amazonense. Para a entrada, é cobrado um valor de R$ 15 por pessoa; crianças com até 10 anos não pagam.

Horário de Funcionamento:
De quinta a domingo, além de feriados, das 8h às 19h.

Como chegar:
Partindo de Manaus para Boa Vista, você pode se locomover com a empresa Amatur Turismo, que têm diversos horários de ônibus diariamente para a capital de Roraima. Chegando em Boa Vista, é preciso pegar a BR 174 sentido ao país vizinho, Venezuela, e percorrer 50 quilômetros de estrada, uma viagem que leva cerca de 1h20.

Paraísos Escondidos

Praia do Pesqueiro, em Soure – Ilha do Marajó (PA)

Soure, mais especificamente a Praia do Pesqueiro, não poderia ficar de fora da lista de lugares pouco conhecidos para viajar no Brasil. É a praia mais bonita da cidade que fica na Ilha do Marajó, considerada o maior arquipélago fluviomarinho (banhada por rio e mar) do mundo.

Praia Do Pesqueiro Tem Dunas, Búfalos E Relax Em Soure

A Praia do Pesqueiro reserva ao turista cerca de 4 km de areia branquinha, dunas e até passeios em búfalos (Soure é conhecida pela criação de Búfalo e comercialização de queijo feito a partir do leite do animal). Quem vai para lá se apaixona! Imagina um lugar onde o rio encontra o mar e você desfruta de água doce e salgada. Surreal!

Quando a maré está baixa, a praia fica cheia de pequenas piscinas naturais de águas cristalinas, já quando a maré sobe, o viajante fica ainda mais impressionado com as águas frescas para nadar. Há avisos de wifi pela praia, mas para quê, né?

Como chegar:
A maneira mais rápida e muitíssimo mais conveniente do turista chegar até Soure, onde está a Praia do Pesqueiro, é viajar pelo catamarã (uma espécie de embarcação) da empresa Tapajós Expresso, que parte diariamente da hidroviária de Belém. A viagem dura cerca de duas horas.

Lagoa Misteriosa

Lagoa Misteriosa, em Jardim (MS)

Não é por acaso que esta lagoa leva o nome de Misteriosa. Até hoje não conseguiram precisar a profundidade exata que a lagoa tem. Os mergulhadores profissionais chegarem a um total de 220 metros de profundidade, mas pode haver muito mais a descobrir lá embaixo. Incrível, não? Apesar de estar a apenas 75 km da turística cidade de Bonito, a Lagoa Misteriosa ainda está na lista de lugares pouco conhecidos para viajar no Brasil.

Conheça a Lagoa Misteriosa, no Mato Grosso do Sul

O paraíso escondido é um passeio de ecoturismo que impressiona com atividades como flutuação e mergulho com cilindro. Além de misteriosa, é considerada também a 5ª caverna mais profunda do país, sendo a mais profunda inundada do Brasil. Os dias ensolarados são os melhores para a visitação, já que os raios solares deixam a água ainda mais cristalina.

O “abismo azul” só pode ser conhecido em passeios organizados por agências de turismo, com a presença de guia credenciado.

Como chegar:
Você pode chegar até Jardim por algumas das rotas oferecidas pela Viação Cruzeiro do Sul, que tem ônibus saindo de cidades como Corumbá, Campo Grande, Aquidauana, Bonito, entre outras.

Já para ter acesso à Lagoa Misteriosa, o viajante deve pegar a BR 267 Km 515, mesma estrada que dá acesso ao Recanto Ecológico Rio da Prata (outro importante ponto turístico da cidade).
O deslocamento do centro de Jardim até a atração pode ser negociada com a agência de turismo.

Fonte: Guichê Virtual