A incrível lagoa do Japonês, Pindorama do Tocantins

A incrível lagoa do Japonês, Pindorama do Tocantins
4.3 (86.67%) 6 votes

Quem imaginaria que o árido cerrado teria vários locais com água cristalina? A lagoa do Japonês é um destes oásis que brotam no meio do cerrado, trazendo vida abundante ao seu redor. A lagoa está localizada, em uma propriedade particular e tem este nome devido à descendência oriental de um antigo dono.

lagoa do japonês - pindorama to
Foto: Nandara Braga

Suas águas cristalinas são um convite a um banho refrescante e logo na entrada há um deck com uma escadinha aonde vários peixinhos vêm te receber. Os peixinhos da lagoa te lembrarão da sua existência durante quase todo o tempo em que estiver dentro da lagoa, dando “bicadinhas” e fazendo cosquinhas.

lagoa do japonês
Foto: documentodeviagem.com

Um braço de rio nos fundos da lagoa dá acesso à gruta, lá é possível apreciar formações rochosas esculpidas pelo tempo e perfeitamente integradas à vegetação. Para os que não sabem nadar, há um bote que leva os turistas até lá em um trajeto de apenas 5 minutos. Nas proximidades da gruta a profundidade da lagoa é maior, então é sempre bom tomar cuidado.

Há áreas cobertas com mesas e bancos disponíveis na entrada da lagoa. Tem banheiros simples no local, e um cercadinho de palha para troca de roupa.

lagoa do japonês
Foto: documentodeviagem.com

Dica: Além do deck principal, há um deck adicional à direita (em direção a gruta) que também é bastante fotogênico.

Pouco antes da entrada da lagoa, há um pequeno restaurante da dona Minervina, uma senhora muito simpática que faz uma comida caseira saborosa. Foi lá que almoçamos no dia em que visitamos a lagoa. É necessário reservar no fone (63) – 99959-5400 (esposo da dona Minervina).

Como chegar

A lagoa está localizada a 240 km de Palmas, cerca de 35 km do município de Pindorama. Caso não seja um aventureiro experiente na direção na areia, recomendamos contratar guias ou empresas que dominem o Bruto Jalapão. Fomos com a Jalapão oficial e ela nos deu toda a tranquilidade para curtir as belezas do Jalapão sem passar nenhum stress.

O acesso à lagoa passa por um trecho de estrada de terra e quando visitamos (segunda quinzena de junho) tinha muita areia fofa. Se for motorizado, opte por veículos com tração 4×4.

Informações Úteis
Não há comercio no local, então leve sua alimentação e bebidas;
Para evitar contaminação da água, recomenda-se não usar protetor solar, cremes, repelentes se for entrar na lagoa;
O tempo de permanência na lagoa não é cronometrado como nos fervedouros;
O número de visitantes máximo por dia é de 100 pessoas (recomenda-se reservar na alta temporada pelos fones (63) 8137-0609 (whats app) / (63) 3372-1026 (fixo));
É cobrada uma taxa de 25 reais por pessoa (passar o dia) e não é mais cobrado a taxa de pernoite para acampar;
Leve uma mascara ou óculos de mergulho para poder apreciar a beleza submersa da lagoa;
Há algumas pedras pontiagudas e troncos no fundo da lagoa, recomendamos usar sapatilhas de banho para evitar machucar os pés;
Post atualizado em 05 de julho de 2018.
Todos os dados deste blog são apenas informativos, os passeios poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Recomendamos consultar também os sites oficiais das atrações.

Fonte: Site Documento de viagem

Everton Lemos

Sou Natural De Brasília, Apaixonado pelo Brasil e suas belezas naturais, procuro sempre conhecer e compartilhar as grandezas do nosso país.

Everton Lemos has 571 posts and counting. See all posts by Everton Lemos

Os comentários estão desativados.