10 Dicas para quem quer viajar o mundo

10 Dicas para quem quer viajar o mundo
5 (100%) 3 vote[s]

A viajante do mundo Carol Fernandes, fundadora do Projeto ViraVolta, que ajuda pessoas a realizar longas viagens pelo mundo, se aventurou por mais de 40 países durante dois anos.

“É normal me perguntarem quais conselhos eu daria para uma pessoa que vai fazer uma longa viagem pelo mundo. Então decidi resumir nesses 10 pontos abaixo. Eu fui aprendendo tudo com o decorrer da viagem, mas confesso que ter ouvido algumas dessas dicas antes de partir teria me ajudado muito.”

Dicas para viajar o mundo

1- VIAJE DEVAGAR

Eu sempre fui fast traveller e levei mais de 1 ano e meio durante a minha viagem para entender os benefícios de viajar devagar. Viajar não é uma competição! Não é o número de países e cidades que você visita que vai fazer a diferença, mas sim como você vive cada dia da sua experiência. Além disso, viajar devagar deixa a viagem mais barata e em tempos de dólar alto essa é a melhor opção.

2- PLANEJE, MAS NÃO FIQUE PARANÓICO!

Um certo planejamento faz bem, pra você não pegar -30 na Europa ou uma chuva torrencial por semanas no Sudeste asiático por exemplo, mas não fique paranóico tentando fazer o plano perfeito. Isso não existe. Existem muitas variáveis fora do seu controle e mesmo planejando você vai ter surpresas. No final das contas viajar o mundo vai ser incrível de qualquer jeito, pois a própria essência da experiência já oferece isso.

3- SIGA SEU CORAÇÃO

Pela primeira vez na sua vida você vai ser totalmente livre. Não deixe o seu planejamento te prender. Planos servem apenas como um norte e não como regras. Mude de idéia quantas vezes for preciso pra viver as experiências que você deseja de verdade. Quer perder um vôo pra ficar mais tempo naquela cidade que você ficou apaixonado? Então perca. Quer mudar completamente o roteiro que você tinha imaginado porque conheceu pessoas legais para viajar junto? Então vá e aproveite. Faça o que te deixa mais feliz e seja sincero com suas escolhas.

4- RELAXA E SEJA PACIENTE

Não adianta ficar se estressando com tudo que parece errado pra você. Você vai passar por culturas completamente diferentes da sua e eles fazem as coisas bem diferentes de você. Fato. Se você quiser que tudo seja do seu jeito, então fique em casa ao invés de explorar o mundo. Afinal, qual seria a graça se todos os lugares fossem parecidos? Aproveite para exercitar sua paciência e abra os olhos para entender melhor as culturas antes de julgar.

5- INTERAJA COM OS LOCAIS

Essa é a melhor forma de conhecer uma cultura e também a mais interessante. Interagir com os locais vai te trazer descobertas incríveis e momentos memoráveis para a sua viagem. É o contato humano que faz a diferença, e dedicar tempo para interagir com as pessoas muitas vezes pode ser bem mais interessante do que visitar um ponto turístico. Lembre-se que toda pessoa que cruza o seu caminho tem algo a compartilhar e a ensinar. Eu posso garantir: duas pessoas vão visitar o mesmo país ao mesmo tempo, uma vai amar e outra vai odiar… E a razão para esses sentimentos tão opostos é causada pelas pessoas que cruzaram o seu caminho durante a viagem.

6- EXPERIMENTE, EXPERIMENTE, EXPERIMENTE!

Experimente de tudo que passa pelo seu caminho, mesmo aquelas coisas que te tiram da sua zona de conforto. Quanto mais você experimentar maior será seu aprendizado, você vai eliminar muitos preconceitos e mais descobertas vai fazer pra sua vida. Tem medo de saltar de paraquedas? Então salte. Não gosta tanto de caminhada? Então faça um trekking. Tem receio de ir pra Índia? Então vai pra lá. Se desafie e você vai se redescobrir.

7- VIAJE BARATO

Eu sempre digo que viajar barato não deve ser uma necessidade, mas sim um interesse. Eu nunca tinha viajado tão barato antes da minha viagem de 2 anos pelo mundo, mas após ter vivido essa experiência comecei a perceber os benefícios que ela oferece. Quanto mais grana você tem mais você tenta viajar dentro da sua bolha e quanto mais barato você viaja mais você sai da sua zona de conforto e maior é a interação com a cultura local. E isso muda tudo. Além disso, viajar dessa forma traz muitas aventuras inesperadas, deixa a viagem mais excitante, te desafia constantemente, te dá uma consciência maior do valor do dinheiro, te ensina a desapegar e te mostra o prazer nas coisas mais simples. Agora eu sou fã de viajar barato e recomendo.

8- NÃO LEVE MUITA COISA

Eu sei que a maioria das pessoas não acredita, mas você não precisa de tanta coisa assim para viajar um ano ou mais. Esqueça o conceito de férias onde você leva roupa pra passear. Tudo o que você levar vai ter que carregar nas suas costas. Por isso, seja prático, foque nos itens realmente necessários, escolha peças versáteis e deixe espaço, pois você vai acabar adquirindo alguma coisa pelo caminho. Minha recomendação: tente sair com 11kgs. Veja a nossa lista do que levar.

9- FAÇA AO MENOS UM TRABALHO VOLUNTÁRIO

Se eu tivesse que dizer um único arrependimento da minha viagem pelo mundo eu diria: “não ter feito nenhum trabalho voluntário”. Eu queria muito ter feito, mas viajando em 2 pessoas e como “fast travellers” eu parecia nunca encontrar um momento ideal e acabei não me esforçando o suficiente. Esse tipo de experiência é gratificante, te coloca em contato intenso com os locais e te ensina muitas coisas. Talvez valha mais ter essa experiência do que visitar um país a mais ou uma cidades a mais.

10- NÃO SEJA ANSIOSO

Durante a viagem vai ser comum você ficar ansioso para viver experiências que você deseja muito. Nesses casos, tendemos a pesquisar muito na internet, ver preços e etc. Daí você acha um preço legal e não consegue sossegar enquanto não faz a reserva pra garantir a sua vaga. Relaxa! Depois de 2 anos viajando o mundo a gente aprendeu que uma vez chegando no lugar as chances de encontrar opções mais baratas para viver uma experiência são 99% maiores. Reservar pela internet na maioria das vezes é furada! Acredite. Por muitas vezes eu quebrei a cara e sempre me arrependia de ter deixado a ansiedade me controlar.

Viajar o mundo por longo prazo é uma forma incrível para se redescobrir, se autoconhecer e ampliar a sua visão de mundo. Mas as pessoas continuam achando esse um sonho impossível pela questão financeira. Na vida tudo é possível, mas a gente prefere inventar desculpas do que fazer o que é preciso para realizar um sonho. Se você quer descobrir como encaixar uma longa viagem no seu bolso leia mais sobre o assunto.

Fonte: viagem.catracalivre

Everton Lemos

Sou Natural De Brasília, Apaixonado pelo Brasil e suas belezas naturais, procuro sempre conhecer e compartilhar as grandezas do nosso país.

Everton Lemos tem 574 posts e contando. Ver todos os posts de Everton Lemos

Fechado para comentários.