Conheça as maravilhas de Jijoca de Jericoacoara

Conheça as maravilhas de Jijoca de Jericoacoara
5 (100%) 4 votes

Jeri é um sonho… O sol brilha o ano inteiro em Jijoca de Jericoacoara, no litoral cearense. Essa bela “colônia de pescadores” está localizada a 300 km de Fortaleza. Possui paisagem natural intocada, onde se é possível contemplar o clarão da lua e o brilho das estrelas.

Tem uma temperatura média entre 29°C e 35°C. O melhor período para ir a Jeri é em janeiro ou julho, pois não há muitas chuvas e o tempo é seco: você encontra as lagoas mais cheias e mais limpinhas, o que garante muita diversão com o clima bem mais ameno.

Veja Também:
Maragogi, o Caribe Brasileiro é nordestino
Praia Do Cumbuco, O Paraíso Das Dunas No Ceará
Flexeiras Um Paraíso Incomparável No Ceará

O encanto de Jeri se deve, em grande parte, ao preservado Parque Nacional de Jericoacoara, localizado numa área de 6.295,00 hectares, protegida pelo Ibama, com diversos ecossistemas costeiros, recursos naturais, o que possibilita uma atmosfera leve e fresca, apesar do calor.

vilarejo de jijoca
Créditos: Phaelnogueira/iStock
Rua no pequeno vilarejo de Jericoacoara, no litoral cearense

Seja numa viagem programada ou mesmo um mochilão Jeri é o lugar ideal para curtir sem hora de partir, para quem quer curtir não só as belezas naturais, mas as gentes, os sabores e as cores…

O que levar na mala?

Independente da época do ano, leve chinelos, roupas leves (cangas, camisas de algodão, camisetas, shorts) protetor solar, bonés, repelentes. Também é melhor levar dinheiro em espécie pois nem todo comércio em Jericoacoara aceita cartão e fazer saques na rede bancária é complicado devido à distância.

O que fazer em Jeri?

Quando você for em Jericoacoara tenha em mente que a cidade foi, e continua sendo, uma vila de pescadores. Vale lembrar que em muitas localidades não há luz elétrica justamente para manter o atrativo natural da comunidade, com o som do mar e o brilho das estrelas…

As atrações de Jericoacoara são todas ligadas ao ecoturismo, um ambiente tranquilo, calmo, rico em diversidade ambiental, mas restritas a própria cultura do lugar.

Porém não pense que você ficará parado, apenas contemplando a natureza pujante. Não, você terá momentos divertidos em roteiros de aventuras! Passeios de buggy, esquibunda nas dunas, stand up Paddle, surf e windsurfe são apenas algumas atividades que você poderá praticar por aqui!

Mangue Seco, lagoa Torta e Vila de Tatajuba

Considerada pelo jornal americano “Washington Post” como uma das mais belas praias do planeta, o Mangue Seco tem um dos mais importantes pontos de preservação dos cavalos marinhos, através de um braço de mar que atravessa o rio Guriú –um verdadeiro berçário dessa espécie cujos casais chegam a ter mais de 500 filhotes de uma vez, mas poucos sobrevivem para chegar a vida adulta.

A lagoa Torta tem água barrenta e pouca vegetação, mesmo assim, dá uma vontade imensa de ficar… Vila de Tatajuba foi soterrada pelas areias das dunas ainda na década de 1980, por lá restaram lembranças, mas ainda é possível curtir as redes no mangue seco, os vendedores de água de coco e muitas histórias para contar. Um passeio de buggy que pode ser contratado no local pode levar você a experiências incríveis!

pedra furada
Créditos: AdamGregor/iStock
Pedra Furada. um dos cartões-postais de Jericoacoara

Outro cartão postal de Jeri foi esculpido pela erosão: a famosa falésia Pedra Furada. No mês de julho dá para ver o sol pelo meio da pedra, perfeita oportunidade para aquela foto exclusiva.

A pedra ficou mundialmente conhecida como uma das paisagens do nosso país. Não é permitido subir na pedra ou degradar o local. Na maré-baixa formam-se aquários naturais onde é possível avistar peixinhos coloridos. No entanto, para chegar perto dessa maravilha, você precisará andar uns 40 minutos para chegar até lá, o paraíso nunca esteve tão perto.

Farol de Jericoacoara

Localizado na praia do Preá, construído em cima do morro do serrote, dá uma vista privilegiada do Parque Nacional de Jericoacoara e da vila, podendo chegar na praia da malhada e na pedra furada, mas atenção tanto na íngreme subida quanto na descida sinuosa com muitas pedras no caminho.

O farol é uma construção recente (1990), mas muito representativo para os pescadores da região.

Lagoa Azul

De beleza rústica e agreste essa lagoa é o ponto de partida dos buggies, barracas simples e trampolins de madeira. A lagoa Azul é, na verdade, uma parte menos badalada da lagoa de Jeri.

Dependendo da época do ano, ela apresenta uma coloração diferente que varia da cor verde piscina ao azul celeste e das areias brancas para as areias douradas. Suas águas são tão amenas que é possível ensinar às crianças a nadar e a cuidar da natureza. Ideal para quem deseja um lugar mais reservado, menos badalado.

Destaque especial para as redes submersas –redes que você fica com parte do corpo para dentro da lagoa… quem precisa de relógio aqui?

Praia da Vila

O melhor point da vila: uma praia ideal para levar a família e contemplar um pôr-do-sol maravilhoso na duna ao lado. A praia de Jericoacoara oferece além de um mar calmo e limpo, barraquinhas de comércio de quase tudo o que você pensar: bebidas, comidas, gostosuras, até passeios buggy, aluguéis de pranchas de surf e de stand-up paddle.

Lagoa Do Paraíso
Foto: Luiz Fumes

Lagoa do Paraíso

O grande atrativo daqui são as lindas redes coloridas, muito disputadas para tirar aquela selfie. Águas tranquilas no cartão postal de Jericoacoara, a lagoa do Paraíso é mesmo um dos paraísos na terra: águas doces tranquilas, em tons verdes e azuis, o qual você tem acesso pelas dunas, cerca de 30 minutos do centro de Jeri em direção à Jijoca de Jericoacoara.

Além de mergulhos e aproveitar a suavidade das ondas o viajante pode dispor de passeios de barco e a prática do kitesurf. Porém, nada é melhor do que relaxar nelas e sentir a doçura dos ventos…

Duna do pôr do sol
Créditos: Wikimedia Commons
A paisagem já presenciou inúmeras juras de amor, pedidos de noivado e até casamento

Um verdadeiro ritual acontece nessas dunas todos os dias: ao entardecer, milhares de pessoas, turistas ou locais, sobem a duna para contemplar o pôr do sol único nessa Rota das Emoções: por estar localizada no extremo norte do Ceará, o pôr do sol acontece no mar –muito diferente do que acontece em outras cidades litorâneas.

O sol mergulha no mar, transformando a paisagem com nuanças multicolores. A paisagem já presenciou inúmeras juras de amor, pedidos de noivado e até casamento. Aproveite a ocasião para agradecer à vida por tanta beleza!

Fonte: Viagem Catraca Livre

Everton Lemos

Sou Natural De Brasília, Apaixonado pelo Brasil e suas belezas naturais, procuro sempre conhecer e compartilhar as grandezas do nosso país.

Everton Lemos has 565 posts and counting. See all posts by Everton Lemos

Deixe Um Comentário