Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Avaliação
Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Centro Cultural Dragão Mar

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

A revitalização do bairro de Iracema se deve à inauguração, em 1998, do Dragão do Mar, um espaço cultural de arquitetura moderna e que reúne teatros, cinema, espaço para shows, galerias de arte… A programação intensa trouxe o movimento, que incentivou a restauração dos casarões neoclássicos ao redor, transformados em bares, restaurantes e casas noturnas. No Dragão estão ainda o Memorial da Cultura Cearense, um museu com obras de arte popular; e o Planetário.

Atenção: prefira ir de táxi por conta da dificuldade em estacionar. E fique atento nos arredores: há pouco policiamento e muitos pedintes.

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) é um centro cultural, um dos maiores do Brasil, localizado em Fortaleza, Ceará. São 30 mil metros quadrados de área dedicada à arte e à cultura, com atrações como o Museu da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Planetário Rubens de Azevedo, Teatro Dragão do Mar, Salas do Cinema do Dragão – Fundação Joaquim Nabuco, Anfiteatro Sérgio Mota, Espaço Rogaciano Leite Filho, Biblioteca Leonilson, Auditório, Multigalerias e espaços para exposições itinerantes e Parque Verde.

Ponte sobre o Espaço Rogaciano Leite Filho.

O centro é vinculado ao Porto Iracema das Artes , à Biblioteca Pública Menezes Pimentel e à Escola de Artes e Ofícios Thomas Pompeu Sobrinho. Há ainda a Praça Verde, que abriga mais de quatro mil pessoas e também grandes shows nacionais e internacionais. O Centro Dragão do Mar é um espaço destinado ao encontro das pessoas, ao fomento e à difusão da arte e da cultura.

foi a primeira Organização Social (OS) criada no Brasil na área da Cultura. Vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, o Instituto Dragão do Mar é atualmente responsável por gerenciar os quatro equipamentos culturais associados: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Porto Iracema das Artes, Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho e Centro Cultural Bom Jardim.

Deixe Um Comentário