Parque Nacional Da Chapada Diamantina

Parque Nacional Da Chapada Diamantina
Avaliação
Parque Nacional Da Chapada Diamantina

Parque Nacional Da Chapada Diamantina

Parque Nacional Da Chapada Diamantina

Com uma área de 1.500 quilômetros quadrados, o Parque Nacional abrange algumas cidades da região, como Lençóis – a “capital” da Chapada e principal base para explorar os atrativos da reserva, – Palmeiras/Vale do Capão (86 quilômetros de Lençóis), Andaraí (100 km) e Mucugê (134 km). Cada uma guarda uma infinidade de surpresas, como cachoeiras, grutas, cânions, serras e platôs de tirar o fôlego. Para conhecer os encantos, é preciso caminhar. Não deixe de fora do roteiro os cartões-postais da Chapada: a cachoeira da Fumaça, a maior do país, com 380 metros de queda; e o Morro do Pai Inácio (fora da área do parque), que descortina um lindo pôr do sol a 1.120 metros de altitude.

Esse paraíso é guardião de muitas riquezas naturais, ocupando cerca de 152 mil hectares, um dos maiores parques de preservação do país fora da região Amazônica.

Em 1985, através do Decreto Nacional n˚91.655, foi criado o Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) para a preservação das belezas cênicas do local. Porém, o grande objetivo da manutenção desta área está na conservação das suas nascentes, com destaque para o principal rio baiano, o Paraguaçu, responsável pelo abastecimento de 60% da população da capital baiana. Além de resguardar um banco genético importantíssimo para a pesquisa científica e conservação da biodiversidade. A cada ano, pelo menos quatro ou cinco novas espécies de plantas endêmicas e três espécies de animais são descobertas na região.

O PNCD é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação Ambiental (ICMBio), uma autarquia ligada ao Ministério do Meio Ambiente, que trabalha exclusivamente em prol das áreas de preservação. A sua área representa apenas uma pequena parte de toda a Chapada Diamantina, região que engloba dezenas de municípios. Ele ainda não possui controle de visitação e á possível conhecê-lo a partir de diversas localidades, principalmente de Lençóis, do Vale do Capão, de Mucugê e Andaraí. O acesso aos seus atrativos, na maioria das vezes, é realizado por meio de caminhada. Porém, ele não concentra todos os atrativos da região, muitos lugares famosos estão localizados ao seu redor.

Consciência ambiental

A conscientização da população faz parte das frentes de trabalho do Instituto e é realizada em parceria com os movimentos ambientalistas, como o GAP (Grupo Ambientalista de Palmeiras) e o GAL (Grupo Ambientalista de Lençóis), além do apoio dado pelas diversas brigadas voluntárias e pelas ACVs (Associações de Condutores de Visitantes) espalhadas por diversos municípios da região.

Para mais informações:
Blog oficial do PNCD: parnadiamantina.blogspot.com
www.icmbio.gov.br

Trabalho coletivo

Cuidar deste imenso paraíso é tarefa de todos nós. Por isso, qualquer pessoa que testemunhar algum incêndio ou irregularidade no PNCD ou em seus arredores deve denunciar. Anote os telefones:

Instituto Chico Mendes (24h): (75) 3332-2310 e 3332-2418

CIPPA (Companhia Independente de Proteção da Polícia Ambiental) (24h): (75) 3334-1493

BRAL (Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis) (24h): (75) 9802-7166

Bombeiros (24h):193

Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos: 08000 711400

Ibama: 0800 61 8080

Defesa Civil (24h):199

Fonte: guiachapadadiamantina

Conheça Mais Sobre A Chapada Diamantina – BA