10 motivos para se apaixonar por Alter do Chão, no Pará

Muita gente nunca nem ouviu falar dessa pequena vila com pouco mais de dois mil habitantes, situada em Santarém, no Pará. Mas uma coisa é certa. Quem já ouviu a respeito e foi conferir com os próprios olhos não se arrependeu. Considerada o caribe brasileiro e dona de uma das praias fluviais (de água doce) mais belas do mundo, Alter atrai para suas paisagens pessoas de vários lugares do mundo, de turistas em busca de sombra e água fresca a mochileiros em busca de sossego. Entre eles, um consenso: quem vai, encontra o que está procurando.

Entre as muitas razões, aqui vão alguns motivos para pegar a mochila e desbravar esse paraíso no coração da Floresta Amazônica.

O rio Tapajós
Alter atrai turistas em busca de sombra e água fresca a mochileiros em busca de sossego (Foto: idobi/Wikimedia Commons )

O rio Tapajós

Com 810 quilômetros de extensão, suas águas cristalinas de tom verde azulado banham as praias do vilarejo e são responsáveis por dar ao lugar o apelido de ‘Caribe brasileiro’. Uma dica é pegar um lugar na janelinha do avião e ir se maravilhando com a vista antes mesmo de botar os pés em Santarém. Na mesma hora, é possível entender o título de paraíso que o lugar carrega.

A vila

Após aproximadamente quarenta minutos de percurso que separam o viajante do aeroporto de Santarém de Alter do Chão, o ‘clima’ muda. Com casinhas espalhadas, lojinhas de artesanato e uma pracinha charmosa, a vila desacelera o relógio do viajante e impõe seu próprio ritmo.

A Ilha do Amor

A Ilha do Amor

Ela é sem dúvida, a ‘menina dos olhos’ de quem vai ao lugar pela primeira vez.  E não é pra menos. O cartão postal da cidade tem 10 quilômetros de praia com areia branquinha e é banhado por todos os lados pelo rio Tapajós. No período de seca dos rios (de agosto a fevereiro, em geral), para chegar até ela é preciso pegar um pequeno barco, chamado de catraia. O trajeto é curto mais vai mostrando para o viajante aos poucos a exuberância do lugar.

As praias
Banhistas em umas das praias de Alter do Chão, em Santarém (Foto: idobi/Wikimedia Commons )

As praias

Além da ilha, a região reserva muitas outras praias belas pelo caminho. Em passeios de barco oferecidos a todo o momento, vale à pena conhecer pelo menos uma praia mais afastada. Entre as mais populares estão a Ponta do Cururu, Ponta do Muretá, Pindobal e Ponta das Pedras. Mais afastada, a praia do Maguari, localizada na FLONA do Tapajós, está entre as mais exuberantes.

 Flona do Tapajós
Foto: Juliana Geraldo

Flona do Tapajós

Conhecer a Floresta Nacional do Tapajós é por si só, motivo suficiente para visitar a região. Mesmo com um trajeto um pouco mais longo, vale à pena reservar um tempinho da viagem. Dentro da área protegida, o viajante paga uma taxa comunitária e pode desfrutar de um passeio no meio da floresta e conhecer entre as diversas espécies de animais e plantas conservadas no caminho, a principal atração: Uma Samaúma (árvore centenária) de 62 metros de altura e 18 metros de diâmetro.

Lago do Jamaraquá
Foto: Reprodução da Internet

Lago do Jamaraquá

O lago leva o nome de uma das comunidades da FLONA e também é bastante procurado. Com águas cristalinas, a opção é ótima não apenas para banho, como também para o mergulho.  A vista em baixo d’águia já foi comparada com Bonito, em Mato Grosso do Sul.

Artesanato Em Alter Do Chão
Foto: Reprodução da Internet

Artesanato Em Alter Do Chão

Tanto nas comunidades quanto no vilarejo é possível adquirir ou apenas apreciar o artesanato desenvolvido pelos moradores da região. Entre os mais bem trabalhados estão sandálias e bolsas feitas de borracha retiradas das seringueiras na flona do Tapajós.

Destinos Alter Do Chão

Comidas Típicas De Alter Do Chão

A boa comida está em toda a parte. Fazem sucesso os peixes de água doce, como o Pirarucú, o Tambaqui e o Surubim, iguarias como o Tacacá e o sorvete de frutas regionais como a castanha. Para vegetarianos, a vila também oferece várias opções com comida natural.  Na praça central, com pouco dinheiro, também é possível fazer uma bela refeição.

Pôr Do Sol De Alter Do Chão

Pôr Do Sol De Alter Do Chão

O por do sol na região é deslumbrante de qualquer lugar, mas no Morro da Piraoca, monte próximo à cidade com 110 metros de altura, o viajante tem direito a um lugar VIP para o crepúsculo. Além disso, o cume exibe uma vista panorâmica em 360º de Alter do Chão

Destinos Alter Do Chão
Foto: Juliana Geraldo e Espaço Alter do Chão

Noite Em Alter Do Chão

Noite Em Alter Do Chão

Mas o vilarejo não é feito apenas de belas praias. À noite, a pacata vila ganha vida e música ao som do Carimbó (ritmo regional que não deixa ninguém parado). O Espaço Alter do Chão e o ‘Mãe Natureza’ são os lugares mais disputados.

Conheça Mais Sobre Alter Do Chão – PA
Este conteúdo – assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios – é de responsabilidade do usuário poraidemochila da Rede Catraca.
Fonte: viagem.catracalivre

Everton Lemos

Sou Natural De Brasília, Apaixonado pelo Brasil e suas belezas naturais, procuro sempre conhecer e compartilhar as grandezas do nosso país.

Everton Lemos tem 574 posts e contando. Ver todos os posts de Everton Lemos

Fechado para comentários.