Sete momentos que você é diferente na cidade e na praia

Pode não parecer, mas em muitos momentos nos comportamos de maneira muito diferente quando estamos na cidade ou numa praia. Para demonstrar isso, separamos 7 situações em que isso é gritante:

Compras no supermercado

Praia – Pra quê se preocupar se você está de biquini, de sunga ou sem camisa. O importante aqui é celebrar o Verão e fazer suas compras numa boa.
Cidade – Empacotado em camisas e camisetas, calças, sapatos e porque não ternos? É preciso lembrar das filas na hora de enfrentar o caixa?

Andar de chinelo

Chinelo na praia é vida. Você passa o dia inteiro com ele no pé e não se preocupa com o lugar para onde você vai.
Chinelo na cidade é para relaxar. Quando você tira o tênis ou o sapado no final do dia, quando vai passear no final de semana e coisas do tipo.

Passagem do tempo

O tempo na praia é relativo: divide-se em manhã, tarde e noite.
Nada próximo dos segundos e minutos de um relógio girando na cidade

Sorveteria

Na praia: tem coisa mais gostosa do que encontrar uma em cada esquina com sabores incomuns como Tutti Frutti.
Na cidade: item em extinção. Tirando os de palito que você encontra em toda padaria, sorveteria só existe em shopping.

Bronzeado

Na praia: o corpo inteiro com marquinhas sedutoras
Na cidade: Aquele monte de marcas geométricas em locais estratégicos do seu corpo como pescoço, braços e pernas.

Happy hour

Na praia: Aquele mix prazeroso de mergulho na praia e breja no quiosque.
Na cidade: Aquela breja pontual enquanto você espera passar o rodízio de carro.

Temperatura

Na praia: 20º é digno de um inverno rigoroso.
Na cidade: 20º é muito amor, uma temperatura perfeita para curtir a cidade.

Fonte: Catraca Livre

Everton Lemos

Sou Natural De Brasília, Apaixonado pelo Brasil e suas belezas naturais, procuro sempre conhecer e compartilhar as grandezas do nosso país.

Everton Lemos tem 574 posts e contando. Ver todos os posts de Everton Lemos

Fechado para comentários.