Juazeiro Do Norte – CE

Avaliação
Juazeiro Do Norte - CE

Padre Cícero: Estátua é ponto de encontro de romeiros de todo o país

Por Que Ir Para Juazeiro Do Norte

Milhares de fiéis visitam Juazeiro do Norte ao longo do ano, seja para pagar promessas ou apenas rezar pela memória de Padre Cícero, o maior mito da religiosidade nordestina. O movimento é grande nos dias 24 de março e 20 de julho, datas de nascimento e morte do religioso; e também no mês de setembro, quando acontece a Festa de Nossa Senhora das Dores. Nenhum evento, porém, supera o Dia do Romeiro, comemorado em primeiro de novembro com missas, procissões e “aceno de chapéus de palha”, uma recriação coletiva do gesto com que o padre saudava o povo.

O cartão-postal da cidade é a estátua de “Padim Ciço”, com 25 metros de altura. Instalada na Colina do Horto, oferece vista panorâmica e abriga uma capela e um museu onde estão expostos objetos pessoais, pinturas e fotos do religioso. O roteiro dos peregrinos inclui ainda o santuário do Coração de Jesus, a matriz de Nossa Senhora das Dores e a capela do Perpétuo Socorro, onde o padre está enterrado.

Para divertir os pequenos, estique o passeio até o Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, a 18 quilômetros. O sítio arqueológico está entre os mais importantes do país, reunindo mais de sete mil fósseis de peixes, insetos, répteis, anfíbios e vegetais. Já o Arajara Park, em Barbalha (28 km), oferece piscinas, toboáguas e corredeiras.Na hora das compras, visite o Centro de Cultura Popular Mestre Noza, com esculturas de madeira e de barro. Para adquirir peças religiosas – imagens do Padre Cícero, santos em gesso e pó de pedra, terços e medalhas – siga para as lojinhas próximas às igrejas e aos santuários.
A culinária também faz a fama de Juazeiro, que tem o baião-de-dois com pequi como carro-chefe. Também enchem os olhos o queijo da terra, a carne de sol com macaxeira e o mugunzá salgado, feito com milho, feijão, charque e mocotó de boi.

Juazeiro Do Norte - CE

MUSEU DE PALEONTOLOGIA DE SANTANA DO CARIRI

MUSEU DE PALEONTOLOGIA DE SANTANA DO CARIRI

Coberta pelo mar há milhões de anos, a Chapada do Araripe é um dos sítios arqueológicos mais importantes do país. O museu de Santana exibe cerca de 7 000 fósseis de peixes, répteis, anfíbios, insetos e vegetais, alguns com mais de 100 milhões de anos.

R. Dr. José Augusto, 326 (mun. de Santana do Cariri), 65 km

Juazeiro Do Norte - CE

Romaria: Romeiros acendem velas em Juazeiro do Norte.

ROMARIAS

A Romaria Mãe das Dores é a mais antiga da cidade. Ela começa e termina no Santuário de N.S. das Dores, no dia 15 de setembro. Na Romaria de Finados, em 2 de novembro, os fiéis homenageiam o Padre Cícero partindo da Capela de N.S. do Perpétuo Socorro – onde o religioso está enterrado – em direção à Igreja Matriz.

Juazeiro Do Norte - CE

Chapada Do Ariripe

Chapada Do Ariripe

Localizada ao Sul no Estado, na região do Cariri, a Chapada do Araripe se encontra na divisa entre o Ceará e Pernambuco e é uma reserva ecológica que reúne fontes naturais, grutas e sítios paleontológicos.

Datada de 120 milhões de anos, a floresta possui mil metros de altitude e abriga fósseis de dinossauros e peixes. As relíquias podem ser encontradas no Museu de Paleontologia em Santana do Cariri (cidade a cerca de 60 km do Crato). O Museu funciona de terça-feira a sábado, das 8h às 16h; aos domingos, das 8h às 14h. A entrada é gratuita.

A Floresta que tem uma enorme diversidade de pássaros, animais e vegetais, além de relíquias arqueológicas. Até poucos anos atrás era possível encontrar por lá onça pintada, extinta ilegalmente por caçadores. Em 1946, o local foi considerado reserva ecológica.

Com uma área de aproximadamente 250 km de comprimento por 30 km a 60 km de largura, a Floresta do Araripe é área de proteção ambiental e possui cerca de 214 fontes de água.

Deixe Um Comentário