Formosa – GO

Formosa – GO
4.6 (92%) 5 votes
Formosa - GO
Cachoeira Salto do Itiquira

Por Que Ir Para Formosa

A natureza exuberante de Formosa atrai os ecoturistas, em especial os brasilienses. O principal cartão-postal é o Salto do Itiquira, uma das maiores quedas do Centro-Oeste, com 169 metros, guardado no Parque Municipal. O acesso ao poço é por trilha fácil e rápida. Já para chegar ao mirante é preciso caminhar cerca de duas horas em terreno íngreme. O salto forma uma bela sequência de cachoeiras, corredeiras e piscinas naturais.

Interessante também é o Buraco das Araras, uma caverna com floresta densa e rio subterrâneo no meio da paisagem de cerrado. O cenário é incrementado ainda com formações de estalactite e estalagmite.

Para tomar banho de cachoeira, siga para Indaiá, com três quedas que chegam a 15 metros e poços de águas cristalinas perfeitos para relaxar. Já para praticar esportes náuticos, a opção é a Lagoa Feia, com 15 mil metros quadrados e contornada por mata e restaurantes.

Boa parte dos atrativos de Formosa está dentro de propriedades privadas. Como não há sinalização, informe-se na cidade ou contrate um guia.

Recanto Das Cachoeiras

Fonte: Férias Brasil

Recanto Das Cachoeiras
Recanto Das Cachoeiras

Recanto Das Cachoeiras

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Localizado em uma reserva particular, a 59km do centro de Formosa, o Recanto das Cachoeiras reúne duas quedas d’água, uma com aproximadamente 25 metros e outra com 2 metros de altura. As duas formam piscinas adequadas para banho.

Fonte: Curta Mais

Cachoeira Água Fria

Cachoeira Água Fria

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Também localizada em propriedade particular, a Cachoeira da Água Fria possui impressionantes 80 metros de altura, formando um poço de água esverdeada. A cachoeira está localizada a 85km do centro da cidade.

Fonte: Curta Mais

Caverna Escaroba
Caverna Escaroba

Caverna Escaroba

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Para ter acesso às belezas abrigadas na Caverna Escaroba, é preciso descer de rapel por uma claraboia. Lá dentro, formações rochosas e uma pequena cachoeira criam um cenário impressionante.

Fonte: Curta Mais

Sítio Arqueológico Toca da Onça
Sítio Arqueológico Toca da Onça

Sítio Arqueológico Toca da Onça

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Localizado em uma reserva particular a 7km do centro de Formosa, para visitar o Sítio Arqueológico Toca da Onça é necessário fazer agendamento prévio. Com formação rara de rochas calcárias, é possível visualizar pinturas rupestres nas paredes, datadas de aproximadamente 4500 anos.

Telefone para agendamento de visitas: (61) 3981-1234

Fonte: Curta Mais

Sítio Arqueológico do Bisnau
Sítio Arqueológico do Bisnau

Sítio Arqueológico do Bisnau

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Visitado por estudantes e pesquisadores, o Sítio Arqueológico do Bisnau é um lajedo de cerca de 2600m² de rocha de arenito, com inscrições rupestres em baixo relevo, datadas de 11 mil anos. O sítio fica a 54km do centro de Formosa, e está localizado em propriedade particular.

Fonte: Curta Mais

Cachoeira do Bisnau
Cachoeira do Bisnau

Cachoeira do Bisnau

Foto: Aventuras Terrestres

Seguindo a mesma estrada que leva ao Sítio Arqueológico do Bisnau, encontra-se a Cachoeira do Bisnau, que faz parte de um conjunto de córregos que alimentam as bacias dos rios São Francisco e Tocantins-Amazonas.

Fonte: Curta Mais

Cachoeiras do Indaiá
Cachoeiras do Indaiá

Cachoeiras do Indaiá

Localizadas em reserva particular, as Cachoeiras do Indaiá são uma série de quedas d’água, a maior delas com 30 metros de altura. Todas formam poços de água ideais para banho. As cachoeiras estão a 28km do centro de Formosa.

Fonte: Curta Mais

Buraco das Andorinhas
Lago cristalino no Buraco das Andorinhas

Buraco das Andorinhas

Foto: Viagem e Turismo

Complexo de grutas de aproximadamente 250 metros de profundidade, o Buraco das Andorinhas é habitado por aves que lhe renderam o nome. No seu interior, corre um rio de água fresca e cristalina, que atrai mergulhadores. O Buraco das Andorinhas faz parte de uma reserva particular, localizada a 49km do centro de Formosa.

Fonte: Curta Mais

Buraco das Araras

Buraco das Araras

Foto: Agência de Turismo Itakamã

Localizado a 42km do centro de Formosa, o Buraco das Araras é a segunda maior dolina de colapso do centro-oeste (depressão em formato circular formado pela dissolução das rochas) e uma das maiores do Brasil, e abriga no seu interior uma densa floresta úmida, com samambaias gigantes, e uma caverna secreta banhada por rios subterrâneos de água cristalina.

Fonte: Curta Mais

Lagoa Feia
Lagoa Feia

Lagoa Feia

Foto: Goiás Turismo

Ideal para a prática de esportes aquáticos como jet ski, pescaria, standup paddle, canoagem, passeio de lancha e pedalinho, a Lagoa Feia fica a apenas 5 km do centro de Formosa. Em alguns pontos, a Lagoa chega a 100 metros de profundidade.

Fonte: Curta Mais

formosa go

Rampa de Voo Livre no Vale do Paranã

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

Situada no Vale do Paranã, a rampa de voo livre recebe todos os anos uma etapa do Campeonato Nacional de Voo Livre. Localizada a aproximadamente 1300 metros de altura, a pista permite voos de até 3 mil metros. O clima ideal para a prática do voo livre, segundo os especialistas, é durante o mês de agosto. Para chegar até a rampa, é preciso seguir pela GO-118, que liga Formosa à Chapada dos Veadeiros.

Fonte: Curta Mais

Lagoa Azul Em Formosa
Foto: Wallyston Lima

Lagoa Azul

Com o mesmo nome do filme de 1980 que levou a atriz Brooke Shields ao estrelato, a lagoa é bem escondida dentro de uma fazenda privada, a 140km de Brasília, mas tem a entrada gratuita e vale a pena pela beleza e pela transparência da água.

Nascente do rio Urucuia, que corre para Minas Gerais, é possível enxergar o fundo branco de sete metros de profundidade, ideal para o mergulho. A mata ciliar preservada que circunda toda a área também é um espetáculo à parte no meio do cerrado.

Por não ser conhecida pelos brasilienses, ainda não é tão badalada quanto o Salto do Itiquira, por exemplo. Mesmo assim, aos poucos, ela ganha adeptos. O técnico e gestor educacional Caio Lima costuma frequentar a lagoa várias vezes ao ano, pois, na sua opinião, é uma das mais bonitas da região. “O melhor horário é por volta das 11h, porque o sol já está alto e a água fica mais transparente ainda. Uma outra dica é levar repelente. Tem muito mosquito nesta época do ano”, recomenda.
Em feriados e fins de semana, há mais pessoas no local; portanto, se puder, evite esses dias. Leve o que for a consumir, pois não há venda de bebida nem comida próxima à lagoa. Porém lembre-se de preservá-la, não deixando lixo no local.

Como chegar

Formosa fica a 95 Km de Brasília, com acesso pela Via BR-20, e 107Km Pela Via BR-479.

Telefones Úteis

Secretaria Municipal de Turismo de Formosa: (61) 3981-1234

CAT (Centro de Atendimento ao Turista) de Formosa: (61) 9686-0142

AGeCTUR (Associação de Guias e Condutores de Turismo): (61) 9848-5938

Deixe Um Comentário