Maragogi, Um Paraíso Na Costa Dos Corais

Maragogi, Um Paraíso Na Costa Dos Corais
4.4 (87.06%) 17 votes

Paraíso Em Maragogi

Apontada pelo Ministério do Turismo como um dos 65 destinos indutores de turismo do Brasil, Maragogi é capaz de atrair turistas e ainda distribuir os visitantes para toda a região. Apenas o povoado e Maceió foram escolhidos no Estado de Alagoas como prioridade no Programa de Regionalização do Turismo, realizado pelo órgão público. A região, que faz parte da chamada Costa dos Corais, a maior Área de Proteção Ambiental (APA) da Marinha brasileira, conta com 22 km de praias, algumas ainda pouco exploradas pelo turismo de massa, onde natureza é preservada em sua forma original.

O roteiro pode ter início tanto via Maceió como via Recife. A partir dessas cidades existem serviços de tranfer e também é possível seguir de carro até Maragogi, que fica a cerca de 130 km de ambas as capitais. O tradicional passeio às Gales na Praia de Maragogi, que acontece de catamarã e dura cerca de 2 horas, é o carro chefe do destino. Com um snorkel ou mergulhando você consegue visualizar uma fauna e flora marinhas riquíssimas mantidas pelos arrecifes de coral. É importante checar os dias em que há condições de visitar esta área, pois quando a maré está alta não é viável acessá-la.

Em seguida, o viajante deve aproveitar para conhecer a Praia de Burgalhau. Vizinha ao povoado, possui águas tranquilas e mornas num tom azulado de uma transparência incrível. De acordo com a maré, piscinas naturais se formam e são uma atração à parte para o turista. Quando a maré está mais alta, o visitante ainda consegue nadar nas águas doces do rio dos Paus, que atravessa a faixa de areia onde a praia começa. O local também conta com a infraestrutura de um restaurante à beira-mar super charmoso chamado O Burgalhau.

Paraíso Em Maragogi
Foto: paulo yamasaki via Istock

A Praia de Antunes é outra que merece ser visitada. Apesar de não ter um local aberto ao público com um espaço para atender aos turistas, a paisagem é linda e vale pelo menos uma caminhada à beira-mar. No local indicado pelas placas que sinalizam a entrada da praia há como estacionar o carro, ou então, existem passeios de buggy que passam por ela. O mesmo acontece com a Praia de Barra Grande, que fica ao lado. Um pouco mais a frente, a Praia de Ponta do Mangue possui uma faixa de areia mais estreita e é menos extensa, mas nem por isso deixa a desejar em termos de beleza. Quando a maré está baixa, você consegue chegar às Gales caminhando cerca de 2 km no espaço deixado pelo mar e apreciar a incrível biodiversidade marinha durante um mergulho. Uma das maneiras pelas quais os visitantes podem chegar à praia é através do restaurante Sabor do Mar, que possui estrutura para atender aos turistas.

Ainda ao lado norte de Maragogi, a Praia de Peroba fica a 12 km do povoado e bem próxima a São José da Coroa Grande. É um local com uma vista estonteante e pouco movimento. As piscinas naturais que se formam ao longo de sua extensão, com águas calmas e cristalinas, são um convite para o turista se refrescar e apreciar a paisagem. Apesar de não contar com muitas opções, existem restaurantes e bares para receberem os visitantes e oferecer acesso à praia.

piscinas naturais de maragogi
Foto: MariBarboza via Istock

Um deles é o Sabor D´Maragogi. Se a direção for o sul do povoado, um passeio que deve fazer parte do roteiro é conhecer a Praia de Barreiras do Boqueirão, em Jarapatinga. Também chamada de Praia das Bicas, ela recebeu este título por ter em suas redondezas duas fontes naturais de água mineral, onde inclusive os frequentadores podem banhar-se. Sua geografia é semelhante à de uma enseada, com longas barreiras, que do alto proporcionam uma vista panorâmica da região. No caminho existem mirantes para apreciar a vista e tirar fotos incríveis. Além disso, há diversas opções de restaurantes com estrutura para receber os turistas.

Seguindo adiante e atravessando o rio Manguaba de balsa, o viajante poderá visitar a Associação Amigos do Peixe-Boi, no povoado de Tatuamunha, que faz um trabalho incrível de preservação do habitat natural desses mamíferos e organiza passeios para conhecê-los na foz do rio Peroba. O tour, que custa R$40 por pessoa, tem a duração aproximada de 1h30min e o ideal é que seja agendado porque apenas 70 pessoas por dia podem fazê-lo. O telefone de contato é (82) 3298-6247. Os horários de saída se iniciam às 09h30min e, por lei, todos devem sair do rio até, no máximo, as 16h.

Para completar o roteiro é importante aproveitar para desfrutar da gastronomia local: restaurantes como o Tuyn, em Praiagogi e Maragaço são ótimas opções, além de saborear a deliciosa Tapioca na Martha, na pracinha.

Texto por: Bárbara do Val Blanco
Foto destacada: tendcriativa via SETUR ALAGOAS
Fonte: Qualviagem

Everton Lemos

Sou Natural De Brasília, Apaixonado pelo Brasil e suas belezas naturais, procuro sempre conhecer e compartilhar as grandezas do nosso país.

Everton Lemos has 562 posts and counting. See all posts by Everton Lemos

Deixe Um Comentário