Uiramutã – RR

Uiramutã – RR
4.5 (90%) 2 votes
Uiramutã - RR
Cachoeira Do Uracá

Por Que Ir Para Uiramutã

As belezas de Uiramutã; município com o maior número de índios de RR

Segundo o IBGE, 88,1% da população de Uiramutã se declara indígena.
Serras e cachoeiras fazem parte das belezas naturais do local.

Localizado na fronteira com a Venezuela e a Guiana, o município de Uiramutã, a nordeste de Roraima, é o mais setentrional do Brasil. O lugar possui belezas naturais exuberantes e quase intactas, o que torna a visita a região uma aventura única e cheia de descobertas.
Segundo o Censo 2010, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), 88,1% da população de Uiramutã, formada por 8.375 habitantes, se declarou indígena. É o município com a maior proporção da população indígena no país e concentra o maior número de indígenas de Roraima.
Uiramutã inclui em seu território o Monte Caburaí, de 1.456 m de altitude, o ponto mais setentrional do país. O Monte Roraima, também localizado no município, é um dos picos mais altos do Brasil. O monte fica no ponto tríplice com a Guiana e a Venezuela.

A sede do município fica distante 310 km de Boa Vista. O caminho é a maior parte em estrada de terra. Apenas os primeiros 160 km são percorridos pela BR-174 Norte. Para quem segue na rodovia sentido o município de Pacaraima, a entrada para o lugar fica a direita. Veículos altos são a melhor opção. A viagem dura em média seis horas.
Até o destino final, a paisagem é surpreendente. O município está a 840 metros de altitude, por isso boa parte do caminho é íngreme. A vastidão de terras pode ser contemplada no decorrer da viagem. As serras e vales, entrecortadas pelos rios Maú, Cotingo, Canã e Ailã, formam cenários naturais deslumbrantes.

Uiramutã - RR
Corredeira do Paiuá

Corredeira do Paiuá

As cachoeiras atraem a maioria dos visitantes. Existem diversas quedas espalhadas pela região, mas as que são abertas aos turistas são a Cachoeira do Urucá e as Corredeiras do Paiuá. Ambas ficam distantes da sede de Uiramutã cerca de 8km e 6km, respectivamente. Chega-se de carro até bem perto das duas.
Caminhar pelas trilhas abertas nas serras e descer penhascos para seguir até a Cachoeira de Urucá é uma aventura a parte. Apesar do pouco tempo de caminhada, é necessário resistência. O caminho é íngrime e cheio de pedras.
Ao final, o cansaço do trajeto é recompensado pelo contato com o que se assemelha a uma piscina, só que natural. A água é límpida, verde e gelada. O lugar é paradisíaco. Mesmo sem chuvas, a queda d’água é forte e requer atenção dos que se aventuram a mergulhar.
No lugar existe ainda as comentadas Cachoeiras da Andorinha e Tamanduá e o Vale dos Cristais. Só que o acesso para essas e demais quedas e pontos turísticos de Uiramutã só é permitido mediante autorização por estarem dentro da área indígena.
A temperatura média no município é 26ºC. O clima do tipo tropical chuvoso é mais agradável durante a noite. Para repouso, a sede de Uiramutã dispõe de pousadas com ar-refrigerado, televisão e camas de casal e solteiro. Nos restaurantes espalhados pela cidade, comida caseira a preços razoáveis pode ser encontrada.

Uiramutã - RR
Serras em Uiramutã

Trilhas nas serras são opção de lazer

Demarcação
Com a demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol, a maior parte da área que integra o município ficou sob gestão das comunidades. O acesso é restrito. Para adentrar é necessária autorização.