Porto Seguro – BA

Porto Seguro – BA
5 (100%) 1 vote
Porto Seguro - BA

Costa Do Descobrimento

Por Que Ir Para Porto Seguro

Quilômetros de falésias coloridas a perder de vista, recifes de corais, vegetação de Mata Atlântica… não foi à toa que os portugueses se encantaram com as terras que acabavam de descobrir enquanto buscavam o caminho para as Índias, transformando a região de Porto Seguro, no Sul da Bahia, no berço do Brasil.

Mais de quinhentos anos depois, as belezas naturais que conquistaram Cabral e sua turma continuam sendo as responsáveis pela leva de turistas que chegam por terra e ar. Mas elas não são mais as únicas razões.
A fama da animação da Costa do Descobrimento corre o mundo e chama a atenção de grupos de jovens que procuram agito 24 horas por dia. Entretanto, embora a palavra de ordem seja axé – em especial na praia de Taperapuã e na Passarela do Descobrimento (mais conhecida como Passarela do Álcool) -, há opções também para quem chega em busca de paz e tranquilidade como as charmosas vilas de Arraial d´Ajuda e de Trancoso, próximas à Porto.

Os títulos de Patrimônio Histórico Nacional e de Patrimônio Natural da Humanidade não foram conferidos por acaso. Porto Seguro guarda com carinho suas riquezas culturais, arquitetônicas e naturais, reunindo-as hamoniosamente. Da cultura dos índios pataxós ao Parque Marinho Recife de Fora, incluindo museus e prédios históricos, a preservação é uma constante.

No quesito praias, a cidade oferece uma boa gama de ofertas, todas com piscinas naturais de águas mornas, perfeitas para repor as energias. Entre elas, a tranquila Curuípe e a agitada Mundaí, ambas com estrutura de barracas. Mas nem só de praia, burburinho e história vive Porto Seguro. A cidade oferece ainda um comércio variado na Passarela do Descobrimento, um verdadeiro shopping a céu aberto, que reúne lojas, bares e restaurantes com sabores típicos da Bahia.

E tem ainda o artesanato da região, produzido pelos índios pataxós e acessíveis na praia de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália. São bonitas peças de decoração feitas com bambu, madeiras de lei e argila, além de acessórios confeccionados com sementes e penas. Para os adeptos do ecoturismo, trilhas em áreas de preservação de Mata Atlântica – entre elas, o Parque Nacional de Monte Pascoal – permitem a prática de caminhadas para a observação de centenas de espécies de animais e vegetais.

Em resumo: Porto Seguro é um destino perfeito para quem busca agito 24 horas por dia, mas também reserva recantos especiais para recarregar as baterias.

Porto Seguro - BA

Vila Histórica

Cidade Histórica

O primeiro núcleo habitacional do Brasil fica em Porto Seguro e se concentra na área também denominada Centro Histórico. Instalado no topo de uma falésia debruçada sobre a orla, o espaço abriga imponentes prédios – destaques para o Marco do Descobrimento, trazido de Portugal por Gonçalo Coelho em 1503; a Igreja de Nossa Senhora da Pena (padroeira da cidade) com torre em louça de Macau; e a Casa de Câmara e Cadeia, que abriga o Museu de Porto Seguro, totalmente restaurado.
Como chegar:

Acesso pela Estrada do Aeroporto até o Trevo do Cabral. Virar à esquerda.

Porto Seguro - BA

PRAIA TAPERAPUÃ

PRAIA TAPERAPUÃ

A mais procurada praia de Porto Seguro é o destino perfeito para quem quer curtir a agitação da cidade à luz do dia. Enormes barracas com estrutura de restaurante – Axé Moi, Vira-Sol e Barramares – disputam a atenção dos turistas com muita música, shows e lambaeróbica. A azaração rola solta entre uma apresentação e outra. Tem águas claras e bastante calmas, um alívio para quem exagerar na cerveja ou nas batidas de frutas diversas. Entre as atividades esportivas, oferece vôlei, futebol de areia e caiaque. Passeios de banana-boat acontecem diariamente.  A praia fica a sete quilômetros do Centro de Porto Seguro (sentido Santa Cruz Cabrália) e é servida por linhas de ônibus urbanos.

[columns] [span4]

[/span4][span8]

A quatro quilômetros do centro, Mundaí é a primeira bela praia da orla em direção ao Norte. Com águas calmas e sombra de coqueiros, atrai famílias com crianças. Apesar do cenário bucólico, a presença da imensa barraca Tôa-Tôa garante o axé nas alturas, shows, lambaeróbica para todas as idades e lojinha de souvenirs. No verão, a pedida é dar uma volta de helicóptero para ver de cima toda a animação que toma conta da praia. Para fugir do burburinho, siga para o Jamaica Bar, com trilha sonora à base de blues, reggae e rock.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

Bastante extensa – quase um quilômetro – e inclinada, Itacimirim fica a 3,5 quilômetros de Porto. A estreita faixa de areia batida é tomada por animadas barracas, que além de axé-music oferecem petiscos diversos, cerveja gelada e caipirinha. Pratos típicos da região e também à base de frutos do mar são servidos nos diversos restaurantes à beira-mar. Na maré baixa, a atração fica por conta das piscinas naturais.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

Enseada com ondas fracas e protegida por recifes, Curuípe é a praia mais próxima do Centro da cidade, a três quilômetros. Apesar da estreita faixa de areia, é muito procurada para caminhadas seguidas por refrescantes mergulhos nas águas calmas e claras. Algumas poucas barracas de praia garantem o coco gelado e o peixe frito.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

Reunindo coqueiros e manguezais, Rio dos Mangues é boa para a prática de atividades esportivas como caminhadas, caiaque e ultraleve. Piscinas naturais também são formadas na praia, que fica oito quilômetros de Porto e conta com estrutura de barracas.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

A oferta de lanchas para passeio, bananas-boat e aluguel de caiaques na alta temporada não são capazes de tirar o sossego dos freqüentadores da praia de Ponta Grande, principalmente na maré baixa, quando são formadas piscinas naturais. Quase deserta – exceto no verão – fica a 9,5 quilômetros do Centro da cidade.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

Pequena enseada emoldurada por coqueiros, Mutá está na divisa de Porto Seguro com Santa Cruz Cabrália. Pouco frequentada e com águas mornas, calmas e transparentes, a praia é ponto de parada de escunas e embarcações que levam à Coroa Alta, um banco de corais que forma piscinas naturais na maré baixa. No verão, é possível fazer passeios de ultraleve e, durante todo o ano, de barco para os recifes da região. O local oferece estrutura de barracas.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

Considerada ponto de desembarque da expedição de Pedro Álvarez Cabral quando chegou ao Brasil, Coroa Vermelha atrai turistas que chegam em busca de uma enseada tranqüila, com águas rasas e areias brancas. Cenário também da primeira missa rezada em nossas terras, concentra lojinhas de artesanato produzido pelos índios pataxós e barracas. Fica a oito quilômetros do centro de Cabália.

[/span8][/columns]

[columns] [span4]

[/span4][span8]

Uma das poucas praias da região com ondas, Arakakaí atrai praticantes do surf e do windsurf. O mar, de águas verdes e muito claras, é emoldurado por recifes e forma piscinas naturais na maré baixa. Nas areias amareladas há barracas que servem petiscos e frutos do mar. Fica no centro de Cabrália.

[/span8][/columns]

Deixe Um Comentário