Ilha Grande – RJ

Ilha Grande – RJ
5 (100%) 1 vote
Ilha Grande - RJ

Praia do Aventureiro

Por Que Ir Para Ilha Grande

Maior ilha da baía de Angra dos Reis, Ilha Grande reúne mais de cem praias – entre elas, algumas das mais bonitas do Sudeste brasileiro, como Lopes Mendes, Aventureiro e Cachadaço. O arquipélago, entretanto, oferece mais que cenários idílicos. As águas cristalinas abrigam rica vida marinha; as trilhas em meio à mata Atlântica descortinam rios e cachoeiras; e o clima rústico é garantido pela informalidade da Vila do Abraão, o centrinho da ilha. Por lá, não circulam carros ou motos – para chegar, só de barco, partindo de Angra ou Mangaratiba, em viagem de cerca de uma hora e meia.

O acesso pouco convencional é apenas um dos fatores que contribui para que a Ilha Grande continue com o astral de aldeia de pescadores, embora nos feriados e na alta temporada o movimento seja intenso. Os outros motivos ficam por conta da transformação da região em Parque Estadual e Reserva Biológica, o que colaborou para por fim aos acampamentos e construções irregulares.

Também a existência de um presídio de segurança máxima – desativado em 1994 – contribuiu para o isolamento da ilha por muitas décadas.

A natureza exuberante faz com que o dia comece cedo na Ilha Grande – não dá para dormir muito levando em conta a infinidade de atrativos a serem descobertos durante os passeios. De barco, chega-se à Lagoa Azul, aquário natural e um dos cartões-postais da região em função da transparência das águas e da quantidade de peixes coloridos e estrelas-do-mar.

Para os mergulhadores credenciados, os pontos de parada são os muitos naufrágios e as lajes repletas de tartarugas, robalos e moréias. Já caminhando – há trilhas para todas as praias -, o roteiro principal é o que conduz à paradisíaca paisagem formada pelas areias finas e brancas e o mar azul esverdeado de Lopes Mendes.

Para entrar no clima da ilha, circule pela Vila do Abraão, onde estão pousadas, restaurantes simples e bares com espaço de sobra para dançar forró a noite toda. Já para experimentar os melhores pratos de frutos do mar da região, inclua no passeio de barco a enseada do Saco do Céu. Por lá estão o rústico Coqueiro Verde e o sofisticado Reis e Magos, que servem moquecas e paellas à altura das vistas que descortinam.<

Ilha Grande - RJ

Praia Lopes Mendes

Curtir As Praias De Ilha Grande

Boa parte das praias de águas verdes e cristalinas da Ilha Grande, emolduradas por densa vegetação, fica protegida pelo Parque Estadual e pela Reserva Biológica da Praia do Sul. Acessíveis por trilhas e passeios de barco, as enseadas oferecem mais que excelentes banhos – nas praias da Feiticeira e de Fora, por exemplo, há cachoeiras; enquanto em Sítio Forte e Parnaioca os naufrágios nos arredores fazem das áreas boas opções para a prática do mergulho.

Lopes Mendes

A bonita praia de Lopes Mendes tem três quilômetros de areia muito fina e clara, mar de com tons verdes e azuis, amendoeiras, riachos de águas cristalinas e grandes pedras. Como é bastante movimentada nas férias e feriados, vale caminhar em direção ao canto esquerdo, bom para mergulho livre (traga snorkel), para curtir o lugar com mais sossego. Convém levar água e lanche. Em alguns trechos, o mar é agitado, bom para surf – é preciso ter cuidado com as correntezas.

Os barcos, proibidos de atracar aqui, ficam na vizinha Praia dos Mangues, a 20 minutos a pé. As embarcações saem do Abraão e o trajeto é de 45 minutos. Para fazer a trilha completa, a partir da Vila do Abraão, são 2h30 de caminhada.
Cachadaço

Com apenas 50 metros e protegida por pedras e costões, a selvagem praia do Cachadaço tem águas verde-esmeralda transparentes. Um riacho com queda d’água e uma estradinha de pedras construída por escravos completam a paisagem. Um mirante natural acessível por trilha de dez minutos descortina toda a beleza da praia. Acesso por barco (duas horas) ou trilha (3h30), a partir da Vila do Abraão.

Lagoa Azul

De águas claras e tranquilas, a piscina natural é protegida por pequenas ilhas (Macacos, Comprida e Redonda), sendo um dos melhores locais da região para o mergulho com snorkel. Na alta temporada e feriados, bares flutuantes atracam por lá, garantindo petiscos e bebidas (evite o horário entre 10h e 12h, quando muitas escunas aportam ao mesmo tempo). O acesso é por barco (45 minutos a partir da Vila do Abraão).

Praia Do Aventureiro

A bela e isolada praia fica dentro da área protegida pela Reserva Biológica. Em dias de mar agitado, forma boas ondas e atrai surfistas. Por lá não há luz elétrica e nem pousadas, apenas campings. Para acampar, porém, é preciso fazer um cadastro (com apresentação de RG e CPF) no Centro de Informações Turísticas de Angra dos Reis (3369-7704) e escolher uma das embarcações legalizadas para realizar o trajeto (em mar aberto) a partir do cais de Angra (2h30 de travessia). Para chegar por trilha, também é preciso ter autorização. Quem pretende apenas curtir algumas horas por lá, sem autorização, a dica é ir de barco (4h30 a partir da Vila do Abraão).

Saco Do Céu

É um destino hype: como as águas são extremamente calmas, é um dos lugares preferidos dos endinheirados, que atracam aqui seus iates. Para completar, o lugar é considerado um santuário ecológico, por causa da enorme quantidade de espécies animais e vegetais. Como o nome sugere, o Saco do Céu é uma baía e não uma praia – não espere encontrar aqui largas faixas de areia. Ainda assim, é um dos pontos mais procurados da chamada Enseada das Estrelas, que inclui as praias da Feiticeira, do Iguaçu, da Camiranga, da Fazenda e de Fora. Restaurantes como Reis e Magos (sofisticado) e Coqueio Verde (mais popular) servem deliciosas moquecas. Acesso por barco (30 minutos) ou trilha (três horas), a partir da Vila do Abraão.

Lagoa Verde

Disputa com a Lagoa Azul o posto de “lagoa” mais bonita da ilha. Perto da Praia Grande de Araçatiba, a piscina natural em formato de “U” tem águas calmas e verdes clarinhas. Melhor visitá-la na maré baixa, para ver com mais clareza o fundo do mar. O acesso é de barco (duas horas a partir da Vila do Abraão).

Praia Da Feiticeira

As águas cristalinas da pequena e isolada praia da Feiticeira são perfeitas para banhos e mergulhos de snorkel. A areia dourada convida a largatear ao sol, assim como as pedras. Nos arredores, uma cachoeira de 15 metros de queda reúne a turma do rapel. O acesso à praia é por barco (20 minutos) ou trilha (1h30), a partir da Vila do Abraão. Já a cachoeira é acessível por trilha mal sinalizada que exige meia hora de caminhada (vá com guia).

Praia Do Abraão

Ponto de chegada dos barcos que vêm de Angra e Mangaratiba, a vila concentra os principais restaurantes, pousadas, agências de turismo e os bares para ouvir e dançar forró. Poucos pegam praia aqui: a areia é tomada pelo vaivém de pessoas. Dia e noite, a baía fica pontilhada de embarcações e as águas são, na maior parte do ano, impróprias para banho.

Abraãozinho

Próxima à Vila do Abraão, a pequena enseada tem acesso fácil por trilha, em caminhada de vinte minutos. Na faixa de areia, ótima para banho de sol, tem barracas que servem bebidas e petiscos.

Dois Rios

Tem areia batida, boa para caminhadas, e um mar com ondas fortes. Mas o que mais chama a atenção aqui são as ruínas do Presídio Cândido Mendes, que recebeu presos políticos como o escritor Graciliano Ramos e foi implodido em 1994. Acesso a pé (duas horas) pela antiga estrada que ligava a Vila do Abraão ao presídio ou através do passeio de lancha “Volta à Ilha”.

Freguesia De Santana

A praia de 300 metros de extensão abrigou a primeira vila da ilha, onde funcionou uma fazenda de café e açúcar. Daquela época restam a Igreja de Santana (1796) e o cemitério. Na Praia de Cima ficam a igreja e o cais; na de Baixo, as barracas que servem petiscos. Pertinho daqui está a Lagoa Azul. Acesso por barco (40 minutos) ou trilha (quatro horas), a partir da Vila do Abraão.

Parnaioca

Selvagem, tem vegetação preservada e uma faixa de areia boa para caminhadas. Tem ruínas de uma igrejinha (a Capela do Sagrado Coração de Jesus), de casarões e de um cemitério centenário. No canto direito, o rio Parnaioca forma uma pequena lagoa, com cachoeira. Acesso por trilha (seis horas), a partir da Vila do Abraão ou de lancha, no passeio “Volta à Ilha”. Para os aventureiros, uma dica: é permitido o pernoite nos campings da praia. Por lá, há tambepm a oferta de quartos e suítes para alugar.

Praia Da Julia

A 15 minutos de caminhada da Vila do Abraão, a praia tem águas cristalinas e estreita faixa de areia. Procuradas por famílias, tem infraestrutura de quiosque.

Praia Das Palmas

Repleta de coqueiros, a praia das Palmas é passagem obrigatória para quem parte da vila em direção à praia de Lopes Mendes por conta de suas sombras e barzinhos. A praia fica na metade da trilha, de cerca de duas horas. A vila de pescadores tembém é bastante utilizada para a prática de camping. O acesso também por ser de barco (30 minutos), a partir da Vila do Abraão

Praia De Fora

Vegetação nativa emoldura a bucólica vila de pescadores. Tem infraestrutura de bares rústicos que servem peixe frito e petiscos. Axesso por batrc (30 minutod) ou trilha (2h20), a partir da Vila do Abraão.

Praia Dos Meros

Escondida entre dois costões rochosos e com grande concentração de peixes, praia dos Meros uma das mais procuradas pelos adeptos do mergulho livre e da caça submarina. Como fica dentro de uma reserva biológica, é proibido ancorar e desembarcar na areia,. o que reduz o movimento. Acesso por barco (quatro horas) a partir da Vila do Abraão.
Praias Grande De Araçatiba e Araçatiba

As duas pequenas enseadas têm, respectivamente, 500 metros e 150 metros de areias finas e águas calmas, boas para banho. Juntas, formam o terceiro ponto com maior concentração de pessoas na ilha, atrás da Vila do Abraão e de Provetá. Acesso por barco (duas horas), a partir da Vila do Abraão ou trilha (oito horas), a partir da Enseada do Bananal

Ubatubinha

Na Enseada de Sítio Forte, é ponto de parada de embarcações por conta de um restaurante. As águas calmas são boas para mergulho – corais e peixes de diversas espécies podem ser vistos próximos à praia. A orla estreita tem rochas em toda a extensão. Acesso por barco (1h30) a partir da Vila do Abraão.

Vermelha

A praia, no extremo sul da ilha, possui pouco mais de 300 habitantes e pequena estrutura turística com pousadas, restaurantes, bar e traslado diário para Angra dos Reis. A posição geográfica, os ventos e um navio naufragado fazem da praia um bom ponto para mergulho. É ponto de partida da caminhada para a Gruta do Acaiá. Acesso por barco (2h20), a partir da Vila do Abraão ou trilha (nove horas), a partir da Praia de Araçatiba.

Enseada Do Bananal

No movimentado vilarejo, japoneses fundaram as primeiras fábricas de processamento de pescados da ilha – há até hoje uma numerosa colônia. Tem atracadouros, pousadas, restaurantes, igrejinha e operadoras de mergulho, que levam a turma para praticar a atividade na Ponta do Bananal. Fazem parte da enseada as praias de Matariz e Jaconema. Acesso por barco (uma hora) a partir da Vila do Abraão ou trilha (50 minutos) que parte da Praia Araçá.

Praia Da Crena

A pequena enseada está a 800 metros da Praia do Abraão – o acesso fica antes da praia da Bica. Basta subir o morro e seguir pelo caminho ao lado esquerdo do costão. O visual, com vegetação densa, é lindo.

Japaris

Ponto de parada dos passeios de barco, reúne 5 restaurantes. Acesso por barco (35 minutos) ou trilha (3h30), a partir da Vila do Abraão.

Provetá

Com cerca de 2 500 habitantes, é o segundo vilarejo mais populoso da ilha – perde apenas para a Vila do Abraão. São 500 metros de areia amarelada e mar calmo, sem turistas – é ponto de passagem para quem vai, por trilha, à praia do Aventureiro. Acesso por barco (3h30), a partir da Vila do Abraão ou trilha (12 horas), a partir da Praia de Araçatiba.

Sítio Forte

A rica vida marinha e o navio naufragado Pinguino atraem os mergulhadores até a praia, que abriga pequena vila de pescadores. A enseada de Sítio Forte abriga ainda as praias de Passaterra e Maguariqueçaba, interligadas por trilhas e que oferecem pousadas e restaurantes (Maguariqueçaba é o principal ponto de parada das lanchas de passeio). A enseada abriga ainda um projeto comunitário de cultivo de mexilhões. Acesso por barco (1h20), a partir da Vila do Abraão.

Grumixama

A faixa de areia fica vazia o ano todo e os costões de pedra, ricos em corais, tornam o lugar um bom ponto para mergulho. No horizonte fica a Ilha Redonda. Acesso por barco (50 minutos) ou trilha (4h30), a partir da Vila do Abraão.

Praia Da Bica

Espremida entre o mar e a montanha, tem águas verdes claras e, como o nome sugere, uma bica natural com água potável. Acesso fácil, a pé, a partir da Vila do Abraão.

Praia Dos Mangues

Separada apenas por pedras e um cais da Praia do Pouso, tem vegetação de mangue, bares rústicos na areia, camping e barcos atracados – alguns fazem o traslado até Lopes Mendes (uma trilha de 20 minutos também leva até ela). Acesso por barco (45 minutos) ou trilha (duas horas), a partir da Vila do Abraão.

Praia Preta / Lazareto

O nome faz referência à cor da areia, escura. Mais do que a praia, as atrações locais são as ruínas do Lazareto, antigo presídio da ilha, e o aqueduto, que pode ser alcançado com uma curta caminhada a partir da praia. Acesso por trilha sinalizada de 20 minutos, a partir da Vila do Abraão.

Praia Da Fazenda

São 500 metros de areias avermelhadas, banhadas por águas verdinhas, desertas na maior parte do ano. A um quilômetro, por trilha, está a Cachoeira do Perequê. Acesso por barco (25 minutos) ou trilha (duas horas), a partir da Vila do Abraão.

Ilha Grande - RJ

Passeio De Barco

Passear De Barco

Uma boa pedida em Ilha Grande para quem viaja em grupo é alugar um barco/traineira. Os marinheiros conhecem os belos recantos e é possível negociar os roteiros. Entre os mais pedidos estão os passeios que levam à praia de Japaris – passando por Lagoa Azul, Freguesia de Santana Leste e Saco do Céu – e à de Palmas, com uma hora de caminhada até Lopes Mendes e paradas na Ilha do Morcego e Abraãozinho. A maioria dos tours parte da Vila do Abraão.

Ilha Grande - RJ

Gruta Do Acaiá

Visitar A Gruta Do Acaiá

Conhecer a gruta é programa para fortes! Para chegar ao seu salão, de 30 metros de largura por apenas um de altura, é preciso descer uma escada improvisada e passar por uma fenda estreita e escura (em alguns momentos não há luz). A recompensa é um raro espetáculo da natureza: um lago com tons fluorescentes – fenômeno provocado pela incidência dos raios de sol – onde dá para nadar. Se não estiver fazendo sol, aborte o passeio. O acesso é por trilha (1h30 a partir da Praia Vermelha) ou com os táxi-boats (2h30 a partir da Vila do Abraão). Para entrar na gruta, vá com guia (contratados no local).

Ilha Grande - RJ

Táxi Boat

Passear De Táxi Boat

Há duas maneiras de usar o serviço. Primeiro, como ônibus marítimo: da praia, você acena para o barqueiro-taxista e embarca com outros passageiros para o mesmo destino. Outra opção é marcar a saída com o condutor e traçar seu próprio roteiro, o que garante independência. O preço fica entre 20% e 30% mais barato do que o valor das lanhas. Todos os barcos ficam atracados na Vila do Abraão.

Ilha Grande - RJ

Pico Do Papagaio

Caminhar Pelas Trilhas

Trilhas bem sinalizadas em meio à mata Atlântica cortam toda a ilha, descortinando belas praias como Lopes Mendes e cachoeiras de águas refrescantes como a da Feiticeira. Há percursos com os mais variados níveis de dificuldade e duração – as caminhadas podem durar entre dez minutos e quatro horas.

Ilha Grande - RJ

Mergulho Ilha Grande

Esportes E Ecoturismo Em Ilha Grande – RJ

Mergulho

As águas cristalinas de Ilha Grande abrigam naufrágios e diversificada vida marinha – são masi de 900 espécies. A Ilha de Jorge Grego, com grande variedade de peixes, é um dos pontos mais procurados para a descida com cilindro; outros são as enseadas do Bananal e Sítio Forte, com um navio e um helicóptero naufragados e visitados por tartarugas, robalos… Já na Lagoa Azul, peixinhos coloridos e estrelas-do-mar fazem a alegria da turma do snorkel.

Trekking

Ilha Grande é repleta de trilhas bem sinalizadas em meio à mata Atlântica. Caminhando, é possível dar uma volta completa na ilha e conhecer algumas das mais bonitas paisagens da região. A maioria dos percursos parte da praia do Abraão, sendo os mais curtos e fáceis os que levam às praias Preta, Júlia, Comprida, da Crena e Abraãozinho. Outro percurso fácil (boa parte pela areia da praia) é a trilha até o Aqueduto (25 minutos), que passa pela Praia Preta e termina no Saco do Céu, Entre os mais procurados estão os trekkings que conduzem a Dois Rios (duas horas de caminhada, passando pelas ruínas do antigo presídio), Cachadaço (4h), cachoeira da Feiticeira (1h40) e Lopes Mendes (2h30). Partindo da praia Grande de Araçatiba os destinos são as praias Longa (1h), Vermelha (1h20), Ponta e Gruta do Acaiá (2h30), Provetá (2h) e Aventureiro (4h). Alguns exigem acompanhamento de guia por conta de bifurcações.

Para a turma com mais preparo, a dica é o trekking rumo ao Pico do Papagaio – do topo da montanha, a 982 metros, a vista de 360 graus abrange toda a ilha. Para chegar lá é preciso fazer a caminhada de 9 km (três horas, só ida), com trechos íngremes. Como o caminho tem mata fechada e vários desvios, a trilha só deve ser feita com guia. A descida também pode ser feita de rapel (60 m), com a vista da Vila do Abraão.

Ilha Grande - RJ

Ruínas Do Aqueduto Do Abraão

Aqueduto

São 26 arcos, numa sequência de 125 metros de extensão. Construído em 1873 com pedras e óleo de baleia, o aqueduto servia para abastecer de água o Presídio do Lazareto, hoje em ruínas. Abandonada no meio da mata, a construção ainda vale a visita pelo valor histórico e pela beleza da trilha – há uma cachoeira com poço para banho. Preste atenção na pedra em forma de sofá, junto à cabeceira do aqueduto: diz a lenda que D. Pedro II sentava-se ali para ler sobre botânica e escrever seus poemas. O local é o ponto de partida da trilha que leva ao Saco do Céu. Acesso a pé (25 minutos) a partir da Vila do Abraão.

Fonte: Férias Brasil