Bento Gonçalves - RS
festa da colheita

Por Que Ir A Bento Gonçalves

Á mais de um século que os primeiros imigrantes italianos aportaram em Bento Gonçalves. E a cada ano que passa, as raízes ficam mais profundas e preservadas através da arquitetura, da música, da alegria dos descendentes, da mesa farta e, em especial, da arte de saborear bons vinhos. A bebida produzida na região ainda não é comparada com as proveniente de outras regiões da América do Sul e da Europa, mas já vem sendo reconhecida como a melhor entre as fabricadas no Brasil e se destacando no exterior ao abocanhar alguns prêmios internacionais. Vindima: Para participar da festa da colheita, vá no verão
Vindima: Para participar da festa da colheita, vá no verão Foto: Almir Dupont – Setur Bento Gonçalves Vale dos Vinhedos reúne fábricas tradicionais, como Miolo e Casa Valduga Na capital nacional do vinho, conhecer as vinícolas que se espalham pela cidade e seus arredores é programa obrigatório. Em muitas casas, há visitas guiadas por enólogos que começam nos parreirais e terminam com degustações, passando por criptas e corredores tomados por tonéis de carvalho.A atividade, batizada como enoturismo, leva os visitantes ao Vale dos Vinhedos, uma área recortada por estradinhas, emoldurada por colinas e muitas uvas, onde fica a maioria das fábricas. Por lá estão as instalações da Miolo, uma das mais movimentadas; e da tradicional Casa Valduga, a primeira a abrir suas portas para os turistas e que abriga uma charmosa pousada, além de um restaurante aberto ao público nos finais de semana. Depois de experimentar os tintos, os brancos e os espumantes, não deixe de conhecer o roteiro Caminhos de Pedra, uma vila salpicada de construções em madeira e pedra que abrigam casas de massas, de teares, de erva-mate e capelas. Aproveite para saborear os queijos e os salames produzidos na região, mas guarde espaço para se entregar à boa e farta mesa dos restaurantes de Bento Gonçalves, especializados em galeto. Para acompanhar a ave assada na brasa, as opções vão de salada à polenta, passando por sopas e massas. Não se preocupe com as calorias extras – elas podem ser queimadas durante as atividades radicais praticadas no Vale do Rio das Antas, como trekking e rafting. Ficou com saudades dos vinhos? Pegue a Maria-Fumaça que leva ao município vizinho de Garibaldi. A divertida viagem surpreende já no embarque, com degustação de queijos e bebidas. Ao longo do trajeto de uma hora e meia, os vagões são animados por grupos folclóricos que capricham no repertório de músicas italianas. Chegando ao destino, as estrelas são os espumantes, servidos em larga escala.

Bento Gonçalves - RS
Visitar As Vinícolas

Visitar As Vinícolas

Todas as vinícolas da região oferecem degustações gratuitas de vinhos branco, tinto e espumante, além de vendas a varejo. Em muitas há enólogos para acompanhar as visitas que começam nas parreiras e terminam com um brinde depois de passar por tanques de inox e corredores tomados por barris de carvalho. A maioria dos estabelecimentos está concentrada no Vale dos Vinhedos, uma área de 82 quilômetros quadrados, recortada por estradinhas e emoldurada por colinas, araucárias e parreirais. Também nos distritos de Tuiuty, Faria Lemos e Pinto Bandeira há excelentes vinícolas.
AURORA
A maior vinícola brasileira é também a mais premiada em concursos internacionais. A visita guiada à produção é imperdível – dura 40 minutos e inclui exibição de audiovisual. O passeio termina com a apreciação dos produtos da casa.
CASA VALDUGA
Com vinhos e espumantes premiados em diversas partes do mundo, a tradicional Casa Valduga é a pioneira do enoturismo brasileiro – foi uma das primeiras a promover visitas guiadas por enólogos aos parreirais e à vinícola, apresentando todo o processo de produção de vinhos, além de degustações.
MIOLO
Umas das maiores e mais movimentadas vinícolas da região, Miolo realiza visitas guiadas por enólogos, além de degustação e venda – o showroom é um dos destaques da empresa. Tem um restaurante de comida típica, o Mamma Miolo, que funciona mediante reservas.
SALTON
Vinhos e espumantes estão à disposição dos clientes, que encontram grande variedade de produtos em um ambiente moderno e bem estruturado.
CAVE DE PEDRA
Com arquitetura inspirada nos castelos medievais, a vinícola oferece degustação e venda de champanhes artesanais e vinhos. Os destaques são os premiadíssimos Cabernet Sauvignon e o Merlot.
ALMAÚNICA
Fundada em 2008, a Almaúnica encanta desde o acesso – para chegar à vinícola é preciso atravessar uma estrada emoldurada por vinhedos de Cabernet Sauvignon, Merlot e Chardonnay. Uma vez no espaço, os visitantes fazem a festa! Do térreo, observam o vinho em todos os seus estágios.
VALLONTANO
Através do varejo é possível degustar todos os vinhos produzidos na vinícola, que também pode ser visitada. A casa oferece ainda o Vallontano Café, com cardápio que vai de lanches a refeições completas, elaboradas para serem harmonizadas com os vinhos ali fabricados.
DON LAURINDO
Os bons vinhos com produção e distribuição limitadas fazem da visita à vinícola Dom Laurindo uma oportunidade única para adquirir os produtos. O tour pela propriedade conduz aos parreirais e às caves de pedra, finalizado com degustações.
MARCO LUIGI
A visita vale a pena, principalmente considerando-se que a produção é limitada e a distribuição seletiva. O passeio inclui visita às parreiras e à cave, onde os vinhos são envelhecidos em tonéis da década de 40. A degustação é feita em um belo e rústico ambiente com decoração típica italiana.
PIZZATO
Pizzato é comandada pela família de proprietários, que capricham na produção do Merlot.
CHANDON
Os espumantes – considerados os melhores do país – são servidos em instalações modernas e sofisticadas, perfeitas para um brinde. A visita guiada inclui tour pela adega com explanação do processo de elaboração dos produtos Chandon e degustação dos produtos.
CAVE DE AMADEU
A vinícola é comandada por um engenheiro chileno. As visitas guiadas às produções de vinho e de espumante seguidas de degustação podem terminar no simpático restaurante instalado na propriedade.DON GIOVANNI
O bonito espaço oferece degustação e venda de vinhos e de espumantes. Na mesma área funciona uma aconchegante pousada e dois restaurantes, com mesas em meio aos barris.

Bento Gonçalves - RS
passeio de maria fumaça

Passeio de Maria Fumaça

A animada viagem de duas horas leva à cidade de Carlos Barbosa, com parada em Garibaldi. O embarque acontece durante uma degustação de vinhos e, ao longo do percurso de 23 quilômetros, grupos folclóricos percorrem os vagões cantando e dançando músicas típicas. A recepção em Garibaldi é feita com mais tarantela e regada a espumante e suco de uva. Os passeios acontecem às quartas, quintas, sábados e domingos e é necessário fazer reservas (dependendo da época do ano, há saídas quase todos os dias).

Bento Gonçalves – RS
5 (100%) 2 votes